Postagens

Mostrando postagens de julho, 2024

Trump fica ferido após tiros em comício na Pensilvânia

Imagem
BUTLER - O ex-presidente Donald Trump foi retirado às pressas do palco por agentes do Serviço Secreto durante um comício eleitoral em Butler, na Pensilvânia, neste sábado, 13, após vários sons que pareciam tiros. O atirador e mais uma pessoa morreram no incidente, disseram fontes policiais. O republicano foi cercado pelos agentes e escoltado para um carro de sua comitiva logo após os disparos, segurando a orelha direita, que parecia estar sangrando.  Segundo porta-voz do ex-presidente, Steven Cheung, Trump "está sendo examinado e está bem", mas sem fornecer mais detalhes. No momento dos disparos, que puderam ser ouvidos durante a transmissão ao vivo do evento, Trump interrompeu o discurso e se abaixou rapidamente, levando as mãos ao rosto, enquanto a multidão gritava. Logo em seguida, as autoridades presentes instruíram o público a se abaixar e a se cobrir, enquanto a imprensa se retirava do palanque onde Trump discursava.  Após uma breve pausa, o republicano se levantou, cer

Homem suspeito de matar brasileira no Michigan está preso

Imagem
DEARBORN - A polícia prendeu Fareed George Hajjar, de 57 anos, suspeito de envolvimento na morte da brasileira Suzan Christian Barbosa, 42.  Ele passou pela primeira audiência nesta sexta-feira, 12, na Corte Distrital de Coer no Michigan. Hajjar até agora é suspeito de ter sumido com o corpo e sua fiança foi estipulada em US$ 2 milhões para cumprir prisão domiciliar.  Registros de câmeras de segurança mostram a brasileira entrando na casa de Hajjar em Dearborn e não há imagens dela saindo.  Leia mais: Destino de brasileira encontrada morta no Michigan era a Flórida Um rastreamento realizado no celular do suspeito mostra que ele esteve no local onde o corpo da brasileira foi encontrado nu e esquartejado em uma estrada rural no dia 30 de junho a pucas milhas da casa do suspeito.

Escritório da Flórida tenta ‘vender’ asilo e green card por telefone

Imagem
NOVA YORK – A MANCHETE USA teve acesso a áudios gravados de um escritório de advogados de imigração da Flórida onde o atendente tenta ‘vender’ asilo e green card para uma brasileira. Ele cita números de formulários e lei que não existem para tentar convencer os imigrantes interessados e promete garantias que também não são verdadeiras.  Após o escândalo da blogueira e jornalista brasiliense Patrícia Lélis, acusada nos Estados Unidos de se passar falsamente por uma advogada de imigração e de fraudar seus clientes em aproximadamente US$ 700 mil, alguns escritórios passaram a ser observados por práticas ilegais de divulgação. O escritório Legacy tem o nome citado  na gravação. “Eu não vou te vender o asilo convencional, vou te vender o ‘defensivo’ criado pelo presidente Joe Biden”, diz ele. “E logo após a entrada nos documentos você vai receber o social security , o work permit e vai poder tirar até sua drive (referência à carteira de motorista) e fica bem no país”, completa. Na gravaçã

Câmara dos EUA aprova projeto de lei para barrar votos de não-cidadãos

Imagem
WASHINGTON - A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos, controlada pelos republicanos, aprovou nesta quarta-feira, 10,  por 221 votos a 198,  um projeto de lei para proibir não-cidadãos a se registrarem para votar em eleições federais, um prática rara que já é ilegal. Menos de quatro meses antes do confronto entre o ex-mandatário republicano, Donald Trump, e o presidente democrata,  Joe Biden,  na eleição de 5 de novembro, a medida parte de acusações de que pessoas que cruzaram a fronteira com o México ilegalmente poderiam depositar votos nos pleitos à Casa Branca e ao Congresso deste ano. O projeto segue para o Senado, liderado pelos democratas, onde provavelmente vai ser arquivado.  Batizado de Lei de Proteção à Elegibilidade do Eleitor Americano, o projeto de lei exigiria que as pessoas apresentassem provas de cidadania ao se registrar para votar e obrigaria os Estados a excluir suspeitos de serem não-cidadãos das listas de eleitores. A legislação atual já prevê punição a um não-cid

Suspeito de matar brasileira na Califórnia é achado morto no México

Imagem
RICHMOND - O brasileiro Edirlei Ramos Tofoli, 44 anos,  suspeito de matar a companheira na Califórnia foi encontrado morto nesta terça-feira, 9, no México, confirmaram as autoridades.   O corpo do paulista de Campinas estava em um carro na cidade mexicana de Tijuana, na fronteira com os Estados Unidos. As circunstâncias da morte estão sendo investigadas.  Leia mais:  Polícia da Califórnia procura brasileiro suspeito de matar companheira Ele estava foragido da polícia de Richmond, na Califórnia, desde o dia 4 de julho após a família ter achado a goiana Elidênia Jorge da Silva, 49, foi assassinada com uma facada no pescoço em casa. 

Destino de brasileira encontrada morta no Michigan era a Flórida

Imagem
DETROIT - A brasileira Suzan Christian Barbosa Ferreira, de 42 anos, foi encontrada morta nua em uma estrada rural do Michigan no fim de junho, 30 dias após chegar nos Estados Unidos para uma viagem de negócios.  A vítima foi indentificada pela arcada dentária.  Os parentes suspeitam que Suzan tenha sido vítima de violência sexual, mas a Polícia de Dearborn, responsável pelas investigações, afirma que ainda é cedo para chegar a qualquer conclusão. As autoridades aguardam o resultado da autópsia para determinar a causa da morte. No dia 1° de  junho, Suzan  viajou sozinha para Miami, na Flórida, em busca de fornecedores para os negócios da família. Ela trabalhava há seis meses como funcionária da irmã Roberta Barbosa Ferreira e do cunhado em uma loja de produtos importados. "Era uma pessoa vaidosa, gostava de ser arrumar, alegre, tinha um jeito leve de viver. Era muito bondosa. Tirava dela para dar aos outros. Chegava a ser ingênua, boba. Por isso que acho que ela pode ter caído em

Furacão Beryl perde força após deixar 5 mortos no Texas

Imagem
 HOUSTON - A passagem do furacão Beryl no Texas nesta segunda-feira, 8,  deixou 5 mortos, além de causar inundações e outros danos, antes de perder força e se tornar uma tempestade tropical. Nos próximos dias o fenômeno segue em direção nordeste, atravessando vários Estados americanos até chegar ao Canadá.  O prefeito de Houston reportou outras duas mortes, após um incêndio e a de um membro civil da Polícia de Houston que ficou preso em uma inundação quando foi para o trabalho. Já na área de Benton, Louisiana, uma moradora morreu na queda de uma árvore sobre sua casa. Fotos de árvores caídas, veículos bloqueados em estradas inundadas e outros danos foram compartilhadas por autoridades na rede social X. Serviços meteorológicos registraram cinco tornados no Texas hoje. No parque Buffalo Bayou, centro de Houston, várias áreas foram retiradas pela água. "Estamos apenas no começo de julho e é muito raro termos uma tempestade dessa magnitude. Mas os meteorologistas nos disseram que tere

Polícia da Califórnia procura brasileiro suspeito de matar companheira

Imagem
RICHMOND - A polícia de Richmond, na Califórnia, está procurando o brasileiro Edirlei Ramos Tofoli, 43 anos, suspeito de matar a companheira, Elidênia Jorge da Silva, 49, na semana passada.  Tofoli era agressivo, dizem parentes da vítima (Foto: Arquivo Pessoal) Os sobrinhos encontraram o corpo da goiana de Morrinhos perto da pia da cozinha com um ferimento de faca no pescoço na quinta-feira, 4, já com sinais de inchaço. Lucas Lima conta que foi necessário arrombar a casa da tia e é possível que ela tenha sido assassinada dois dias antes quando parou de responder as mensagens de familiares.  No quarto da vítima, familiares encontraram uma camiseta do suspeito suja de sangue e não havia nenhuma outra roupa do suspeito no armário.  Em nota, a polícia de Richmond diz que investiga o caso.  Violência Doméstica Elidênia já havia sido agredida por Tofoli (Foto: Arquivo Pessoal)   Segundo o sobrinho,  Tofoli foi preso duas vezes por agredir a diarista que morava há quatro anos nos Estados Unid

Motoristas de Uber e Lyft passam a ter mínimo garantido de $32,50 por hora em Massachusetts

Imagem
BOSTON – A Procuradora-Geral de Massachusetts, Andrea Campbell, anunciou na última quinta-feira de junho um acordo do Estado com a Uber e a Lyft, favorecendo diretamente os motoristas com o direito a um salário mínimo de US$ 32,50 por hora, além de benefícios e proteções sociais.   A resolução prevê também que as duas empresas serão obrigadas a pagar um total de US$ 175 milhões ao Estado para resolver alegações de que elas violaram as leis salariais sobre o valor mínimo da hora trabalhada em Massachusetts, montante que deve ser distribuído a motoristas atuais e antigos. Segundo Campbell, a iniciativa  resolve o litígio antigo de seu escritório contra as duas companhias. “Durante anos essas empresas pagaram mal a seus motoristas e negaram-lhes benefícios básicos”, disse a procuradora em uma declaração por escrito. “O acordo de hoje responsabiliza a Uber e a Lyft e fornece aos seus motoristas, pela primeira vez em Massachusetts, um salário mínimo garantido, licença médica remunerada, seg

Brasileira pega 5 meses de prisão por fraude bancária em Massachusetts

Imagem
FRAMINGHAM - Um Tribunal Federal dos Estados Unidos condenou a empresária brasileira Vanessa Nixon, 45, de Framingham, em Massachusetts, a cinco meses de prisão e três anos de liberdade supervisionada por fraude contra o sistema bancário e de orçamento do governo. Por isso ela terá que devolver aos cofres públicos US$ 468.832 embolsados em um esquema de empréstimo de ajuda empresarial pandêmico. Em março, Vanessa confessou o crime envolvendo as suas empresas Nixon Homes, Mass Homes Investments e Alpha Auto Body. (Foto: Facebook)  Entre abril de 2020 e novembro de 2022, ela apresentou vários pedidos fraudulentos de empréstimo de ajuda comercial devido à COVID-19 em nome de suas empresas, gerando receitas milionárias em suas contas bancárias. Leia mais: Brasileira de Framingham usa pandemia para aplicar golpe milionário nos bancos Segundo o Ministério Público, Vanessa Nixon criou documentos fiscais falsos para comprovar os ganhos fabricados.  Assim, através do Paycheck Protection Program

70 milhões de pessoas viajam no 4 de Julho

Imagem
ATLANTA - Mais de 71 milhões de pessoas devem viajar nesse feriado de 4 de julho nos Estados Unidos, estima a Associação Americana de Automóveis (AAA).  A celebração da independência do país deve superar os recordes em todas as vias.  "Com as férias de verão a todo vapor e a flexibilidade do trabalho remoto, mais americanos estão fazendo viagens prolongadas para o Dia da Independência”, disse Paula Twidale, vice-presidente da AAA. “Prevemos que esta semana de 4 de julho será a mais movimentada de todos os tempos.” Isso significa que 1 em cada 5 residentes do país deve pegar a estrada até o próximo dia 8. Os percursos tendem a levar até três horas a mais do que o usual, sendo que  melhor horário para viajar é sempre no início da manhã antes das 10, orienta a agência.  O motorista vai encontrar preços de combustível abaixo dos valores do ano passado. Uma média de US$ 3.50 o galão, enquanto em 2023 girava em torno de US$ 3.53 e em 2022  chegava a US$ 5. Desde a semana passada, os aer

Decisão da Suprema Corte sobre imunidade de Trump favorece candidatura do republicano

Imagem
 WASHINGTON - A Suprema Corte dos Estados Unidos decidiu na segunda-feira, 1, que ex-presidentes, como Donald Trump, têm direito à imunidade judicial em acusações criminais por "atos oficiais" praticados durante o mandato, mas não têm imunidade por atos não oficiais. A decisão histórica significa que as acusações de que Trump tentou interferir no resultado das eleições de 2020 e incitou a invasão do Capitólio em 6 de janeiro de 2021 devem retornar a um tribunal de instância inferior, que vai decidir se essas ações foram atos oficiais ou não, o que deve estender o veredito para depois do pleito presidencial de novembro.  Para analistas políticos, isso pode ser considerado uma vitória para Trump, pois ele não enfrentará o desgaste de uma condenação até o pleito. O ex-presidente afirmou que a decisão era "uma grande vitória para nossa constituição e democracia" e que se sentia "orgulhoso de ser americano". Já o atual presidente, Joe Biden, provável adversário

Illinois atualiza carteira de motorista para imigrante indocumentado

Imagem
 CHICAGO - A partir dessa segunda-feira, 1, os imigrantes indocumentados podem tirar a carteira de motorista padrão de Illinois. O documento também passa a ser utilizado como identidade. A nova habilitação tem o mesmo design da carteira disponível para o cidadão norte-americano com o único diferencial de estampar os dizeres "limites federais" no topo, beneficiando cerca de 300 mil pessoas.  O documento está disponível para aqueles que moram no Estado há pelo menos um ano e substitui o que era conhecido como TVDL – carteira de motorista temporária para visitantes. A TVDL apresentava um retângulo roxo com a sigla em texto branco na parte superior do cartão e era exclusiva para dirigir.  A estimativa do governo é que pelo 22 mil carteiras sejam substituídas já no primeiro dia.  A nova lei também proíbe o uso de dados das licenças para fins de fiscalização da imigração a não ser que haja mandado ou intimação judicial.